segunda-feira, 7 de julho de 2014

#LeiCulturaViva Aprovada: Vitoria da Cultura Brasileira!


Aprovado pela Câmara, projeto vai à sanção presidencial
Momento histórico para a cultura brasileira. Foi aprovado pela Câmara dos Deputados, na última terça-feira (1/07) , o projeto de lei que institui o Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania, o chamado Cultura Viva, e estabelece normas para seu funcionamento. Agora, o documento segue para sanção presidencial.
De autoria da deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), o projeto transforma o já existente programa Cultura Viva em Política Nacional. Com sua consolidação como política permanente de estado, a intenção será promover permanentemente a produção, a difusão e o acesso aos direitos culturais dos diferentes núcleos comunitários de cultura.
Para a diretora de cultura da UNE, Patrícia de Matos, a aprovação possibilita a superação dos limites burocráticos e institucionais que impedem que essa política possa se desenvolver plenamente. ‘’ Sem dúvida, a aprovação da lei é uma das maiores vitórias dos últimos anos e só foi possível pela persistência e a luta dos pontos de cultura, redes diversas, coletivos e movimentos culturais’’, falou.

O programa Cultura Viva funciona desde a sua implantação em 2004 e fomenta ações dos chamados ‘’pontos de cultura’’.
Como um parceiro na relação entre estado e sociedade, e dentro da rede, o Ponto de Cultura agrega agentes culturais que articulam e impulsionam um conjunto de ações em suas comunidades, e destas entre si, sendo a ação prioritária do Programa Cultura Viva. Com sua transformação em lei de estado, a viabilização destes pontos se torna ainda maior e mais forte, afinal, eles são referência de uma rede horizontal de articulação, recepção e disseminação de iniciativas culturais.
O Ponto de Cultura não tem um modelo único, nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade. A adesão à rede é voluntária, realizada a partir de chamamento público, em editais lançados pelo Ministério da Cultura, pelos governos dos Estados ou pelas Prefeituras. Eventualmente, outras instituições públicas podem ser responsáveis pelo chamamento público.
‘’ Os pontos de cultura representam a mudança da concepção historicamente adotada na elaboração das políticas culturais no Brasil. Contrariou-se a compreensão de que o Estado ou o mercado deveriam “levar cultura” para uma parcela da população “desassistida”. Com os pontos, a lógica foi invertida. Reconheceu-se a diversidade e a riqueza cultural que sempre re-existiu. Iniciou-se um processo virtuoso de articulação da rede dos pontos de cultura, responsável pelo empoderamento e pela visibilização cultural das camadas até então ignoradas pelo Estado brasileiro’’, explicou Patrícia.
Os ‘’Pontos’’representam hoje mais de 3 mil iniciativas culturais em todo o país e reúnem cerca de 8 milhões de pessoas em suas atividades, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).
De 2004 a 2012, foram fomentados 3662 Pontos de Cultura em todo o país, dos quais 3034 já foram conveniados.
Renata Bars
http://www.une.org.br/2014/07/leiculturaviva-aprovada-vitoria-da-cultura-brasileira/

OCLAE Divulga programação pro seu 17º Congresso


Principal encontro de estudantes da América Latina será realizado na Nicarágua
O 17º Congresso da Organização Continental Latino America e Caribenha de Estudantes (OCLAE) será realizado de 17 a 23 de agosto de 2014 em Manágua, capital da Nicarágua. É no CLAE onde se elege a nova diretoria, define-se as resoluções, linhas de trabalho, bandeiras de luta e plataformas da entidade para o próximo período.
Nesta edição do CLAE serão debatidos temas relacionados ao fortalecimento do movimento estudantil e a sua unidade, além do cenário político da América Latina e do mundo. Junto ao Congresso será realizado ainda o 1.º Encontro Latino-Americano e Caribenho de Mulheres da OCLAE.
É esperada a participação de mais de cinco mil estudantes de todos os países da América Latina e do Caribe.
A OCLAE representa 36 Federações Estudantis do continente, inclusive organizações do movimento estudantil secundarista, universitário e de pós-graduandos de 23 países do Continente Americano com mais de 150 milhões de membros. Seus principais objetivos de trabalho são: lutar pela erradicação do analfabetismo; a acessibilidade da educação, o bem estar estudantil e a igualdade na oferta de ensino; a defesa da autonomia universitária; a liberdade e a pluralidade na educação pública e gratuita; promover e desenvolver a solidariedade efetiva dos estudantes na sua luta contra o fascismo, o imperialismo, o colonialismo, o neocolonialismo, a fome, a injustiça social e qualquer conduta ou afirmação de que fere a dignidade humana e da unidade e integração latino-americana.
A OCLAE foi fundada em 1966, depois do 5º Congresso Latino-Americano e Caribenho de Estudantes, como uma resposta dos estudantes à intervenção norte-americana na educação dos países do continente.
“Fomos protagonistas do processo de avanços que fortaleceu a integração da América Latina. A criação do Espaço Latino-Americano e Caribenho de Educação Superior (ELACES) vinculado a CELAC (Comunidade de Estados Latino americanos e Caribenhos) é uma oportunidade de consolidar este órgão definitivamente como um espaço multilateral do nosso continente e um avanço no sentido de colocar a educação a serviço da integração, convertendo a América Latina e o Caribe em uma região soberana na produção de conhecimento, ciência e tecnologia”, destacou o secretário-executivo da OCLAE, Mateus Fiorentini.
O encontro é aberto à participação de qualquer estudante e todos têm direito a voz. Os estudantes participam por meio de grupos de discussão, painéis e fóruns. Veja aqui a programação e participe!

http://www.une.org.br/2014/07/oclae-divulga-a-programacao-do-seu-17%C2%BA-congresso/

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Nota em apoio a Luta do Movimento Estudantil Unificado da UFOB

Nota em apoio a Luta do Movimento Estudantil Unificado da UFOB
A União dos Estudantes da Bahia - UEB vem a publico declarar apoio a luta dos estudantes da nova Universidade Federal do Oeste Baiano. Em meio tantas lutas e mobilizações no Brasil inteiro por mais avanços na Educação, em Barreiras não é diferente, estudantes se mobilizam e ocupam a Universidade por mais conquistas.
A UEB e a UNE encaram a mudança do antigo Campus da UFBA – Barreiras para UFOB como uma grande vitória do movimento estudantil que historicamente lutou pela expansão das universidades por todo Brasil. E é com esse clima de vitória e comemoração que nos somamos à luta dos Estudantes da UFOB por mais qualidade.
Acreditamos que, agora, com orçamento próprio a UFOB precisa avançar nas mudanças e tornar a universidade cada vez mais democrática, com mais assistência estudantil, mais infraestrutura. Fazemos o apelo para que a Reitoria possa se comprometer com as bandeiras estudantis, para que assim possamos obter vitórias.

Saudações de Lutas.

União dos Estudantes da Bahia

União Nacional dos Estudantes

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Deputada Kelly Protocola da ALBA Moção de Saudação ao 5° CONUEB


A Deputada Estadual Kelly Magalhães protocolou hoje (12/06) na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) uma moção de Saudação ao 5° Congresso da União dos Estudantes da Bahia, confira na íntegra a moção:

Moção de Saudação
Deputada Kelly Magalhães:
Fundada em 1943, a UEB é a entidade que representa os estudantes universitários da Bahia e possui uma história recheada de lutas em defesa de uma Universidade popular e de qualidade.
A UEB, a exemplo de outras entidades estudantis, como a UNE, esteve presente nestes 70 anos de sua existência em todas as lutas travadas pelos estudantes e pelo povo baiano.
Resistiu ao golpe militar de 64, onde teve seus dirigentes perseguidos e foi posta na ilegalidade naquele período de tristes lembranças para o povo brasileiro.
Foi sempre um símbolo de luta em defesa da liberdade, da justiça social, da democracia e do ensino público e de qualidade, ao alcance de todos.
É uma Entidade vitoriosa, combativa e tem o seu lugar de destaque na história das lutas e jornadas que travaram os estudantes e os trabalhadores baianos e brasileiros. Tem os seus mártires e heróis muitos já falecidos e outros tantos vivos e presentes, dando continuidade as lutas agora sob a égide de um regime democrático, para fazer avançar cada vez mais as conquistas do povo brasileiro
O 5° CONGRESSO da União dos Estudantes da Bahia que ora acontece na bela e histórica cidade de Vitória da Conquista, com o lema 70 anos na Terra do Sol: Universidade, Sertão e Desenvolvimento, merece a saudação e os aplausos de todos os democratas deste país.
Me orgulho muito de na minha juventude e como estudante da UNEB – Barreiras, ter sido parte ativa das lutas que se travou no Oeste do nosso Estado, muitas delas lideradas pela UEB.
Desejo pleno êxito neste 5° Congresso e o fortalecimento cada vez maior da nossa combativa UEB.”
*Kelly Magalhães é deputada estadual e representante da região Oeste na Assembléia Legislativa da Bahia (AL-BA).


quinta-feira, 6 de junho de 2013

Confira a Programação do 5° Congresso da UEB


PROGRAMAÇÃO
5° Congresso da União dos Estudantes da Bahia

Credenciamento - Valor R$ 20,00

14 de junho – sexta-feira
Abertura: 19h: Ato de abertura do Congresso – Leitura e aprovação do regimento.

15 de junho – sábado – manhã
Debate: Desafios do Ensino Superior baiano - Expansão com Qualidade de Ensino e Assistência Estudantil.
Horário:  8h

15 de Junho – sábado – tarde
Painel 1:
Tema: Para onde vão as Universidades Estaduais? Um debate sobre financiamento e qualidade das estaduais da Bahia.
Horário: 13h

Painel 2:
Tema: A regulamentação do Ensino Superior Privado e a implementação de políticas de permanência estudantil.
Horário: 13h

Painel 3:
As Novas Federais: Implementação a serviço do desenvolvimento do Estado.
 
15 de junho – sábado – tarde – 2° parte  
ABERTURA COPA DAS CONFEDERAÇÕES
Brasil X Japão
Horário: 15:30h

15 de junho – sábado – tarde – 3° parte 
GRUPOS DE DISCUSSÃO – GD’s

15 de junho – sábado - noite
Cine Glauber Rocha
Horário: 20hrs
Responsáveis: CUCA Bahia e CUCA da UNE

Batalha de MC’s
Horário: 20hrs
Responsáveis: CUCA Bahia e CUCA da UNE

ARENA CULTURAL
Horário : 22h

·        Apresentação de bandas do circuito Regional
·        Oficinas, Stand, batalha de mc’s e Malabares
·        Show

16 de junho – domingo
Documentário 70 anos de Lutas em defesa da Bahia
Horário : 9h

Ato Político – 70 anos na Terra do Sol: Universidade, Sertão e o Desenvolvinento
Horário : 9:40h

Instauração da Comissão da Verdade da UEB
Horário : 11h

Plenária Final
Horário : 13:30h